Buscar no Portal

30 de Junho, 2017 às 16:18 Por: Vopaulo

Chupeta inesperada

tags:
Esse conto possui 8239 visita(s).

Ola me chamo Renato e hoje sou casado com 36 anos e adoro uma aventura ou então algo inesperado, está historia aconteceu comigo a algum tempo atras em um encontro de amigos de uma empresa que trabalhei a algum tempo. Nos reunimos na casa de uma pessoa do grupo, uma casa aconchegante com piscina, churrasqueira e uma sauna desativada.
Cheguei ao encontro e logo encontrei pessoas que não tinha contato a anos e este encontro era regado a muita cerveja, caipirinha e churrasco, com o passar das horas o pessoal começou a ficar alegre e todos dançando e alguns pularam na piscina e para minha surpresa uma gerente do financeiro na epoca bem metida estava junto ao pessoal ela uma loirinha baixinha e casada e muito gata e sempre foi meio mala e ela se chamava Ana,
Então eu e Ana começamos a conversar e ela me contou que havia saido da empresa pois tinha sofrido assedio de um diretor que queria sair com ela e começou a ameaça-la e então como era casada não aceitou e resolveu sair da empresa.
Sempre achei ela uma delicia e sempre quis comer ela mas nunca tivemos oportunidade de conversar com ela fora do serviço, então aquela festa seria a oportunidade e com conversas e piadas depois de muita caipirinha comentei com ela.
- Nossa Ana mas vamos falar a verdade, ate eu sempre quis comer vc, pois é linda, mas respeito pois somos casados.
Ela meio que se surpreendeu e disse.
- Até vc me respeite seu safado e fala baixo alguem escuta isso sou casada.
Então sorri e vi que Ana gostou de saber, pois depois pegou mais uma caipirinha e voltou a conversar e disse não acredito que vc sempre teve vontade de me pegar se vc tb é casado, pois nem que quisessemos não iriamos poder e sorriu com um ar de safadeza.
Eu então peguei a deixa dela e disse mas se ninguem souber so nos dois podemos e seria um segredo nosso e estava sentado de frente e meu pau endureceu na hora e vi ela olhando e percebeu que ela estava duro e como já estava meio alegre falei viu como me deixou e ela abriu um sorriso e continuou a conversa e colocou a mao em minha perna e disfarçada mente apalpou meu pau e sorriu e disse baixinho nossa , assim eu fico com vontade e não posso , falei a ela.
- Você pode veem comigo se quiser e fui na frente para a sauna que estava desativada e ficava em um canto isolado da casa e entrei la e logo Ana apareceu com um sorriso e disse o que vc quer me mostrar e sem falar nada a agarrei e comecei a beija-la e sem pensar a coloquei no banco que tinha dentro e comecei a arrancar sua blusa e chupar seus peitos pequenos mos gostosos e Ana gemia como uma safada e enquanto a chupava ela colocou meu pau para fora e me punhetava maravilhosamente e logo arranquei sua calça e vi uma buceta linda e rosada com um grelo grande e delicioso e não resisti e cai de boca e comecei a chupar como louco e sugava seu grelo e ela se contorcendo e para minha surpresa rapidamente ela estava com tanto tesão que não aguentou e gozou comigo a chupando e levantei e fui meter bem gostoso hora que coloquei a cabeça e senti ela quente, me empurrou e disse não pode comer e caiu de boca em uma chupeta maravilhosa , ela cuspia e chupava como louca e batia com meu pau em sua cara e dizia comer não pode mas dar leite vc deve, pois quero seu leite e vou tomar tudo e chupava ate que não aguentei mais e soltei um jato em sua boca que não deixou cair uma gota e tomou todinho o leite e foi maravilhosa mas não deixou eu comer ela e se vestimos e saimos discretamente como se nada tivesse acontecido e voltamos a tomar nosso drink e conversar.
Se gostou e tem vontade de uma aventura , sou de sp me manda um email ou comente e deixe seu e-mail , [email protected]

Comentários

Ainda não há comentários para esse conto.