Buscar no Portal

10 de Dezembro, 2016 às 16:31 Por: dindo

Eu e maninha tarados desde pequenos

tags: irmã, novinha, incesto
Esse conto possui 30034 visita(s).

Bem eu e minha irmã nunca tivemos isto de não nos dar bem.
Desde pequenos sempre fomos unidos, ate o 5 anos tomávamos banhos juntos.
Eu a ensaboava todinha e ela me ensaboava também inclusive ate no meu pauzinho.
Mais ate aquela nossa idade não tínhamos desejos de sexo, lembro uma vez quando passei a minha mão na sua bucetinha pela primeira vez.
Ela disse que estava fazendo cosquinha.
E ficamos rindo muito com isto.
E assim foi ate quando ela já com seus 9 anos e eu com meus 7 anos.
Nossa mãe proibiu de tomarmos banhos juntos, dizendo que já estávamos grandinhos para tomar banho junto.
Não entendemos o porque. Mais acatamos a decisão
dela pois tínhamos que obedecer.
Mais teve um dia que tínhamos acabado de chegar da escola. E estávamos muito suados pois foi dia de educação física. Estávamos doido para tomar banho.
Como nossa mãe não estava em casa resolvemos desobedecer ela, e fomos tomar banho juntos.
Quando Fátima, este era seu nome, começou a tirar a roupa, meu pau começou a ficar duro, me assustei de inicio, mais vendo aquela bucetinha, fiquei curioso.
Foi quando ela disse.
Como e mano, tire sua roupa e vem a água esta gostosa.
Quando tirei o meu short e ela viu o meu pau duro.
Exclamou.
Nossa não sabia que ele podia ficar assim.
E foi segurando ele.
Nisto o meu pau começou a latejar.
Ela segurando ele começou a fazer um vai e vem.
E eu coloquei a minha mão em sua bucetinha e perguntei.
Mana ainda sente cosquinha quando passo a minha mão.
Ela respondeu.
Não mais sinto um desejo que você enfie um dedo nela.
Então comecei a enfiar um dedo naquela bucetinha e fiquei enfiando e tirando enquanto ela ficava fazendo um vai e vem no meu pau.
Ate quando derepente sentir algo sair do meu pau, foi a primeira fez que gozei, e quando estava gozando comecei a enfiar mai fundo o dedo na bucetinha da minha irmã.
E derepente ela esmoreceu, e relaxou a bucetinha, pelo visto foi um gozo.
Ficamos mais alguns minutos ali embaixo do chuveiro, foi quando eu me abaixei e dei um beijo em sua bucetinha.
Nossa mano que delicia.
E se abaixou e deu um beijo na cabeça do meu pau.
Nossa aquele beijinho endureceu ele de novo.
Eu fiquei passando o meu caralho em torno do seus lábios.
Quando ela ia falar alguma coisa, meu pau acabou entrando em sua boca.
E ela ficou com ele por um tempo dentro de sua boca, nossa foi uma delicia.
Depois deste dia, quando íamos brincar eu a colocava em meu colo, tirava o meu pau para fora, levantava sua saia, para ela sentar e enfiava minha mão por debaixo de sua saia e ficava alisando sua bucetinha por cima de sua calcinha.
Teve um dia que quando tirei o meu caralho para fora, para ela sentar, antes ela se abaixou e começou a chupa, que delicia era aquela boquinha.
Quando levantei sua saia, ela estava sem calcinha.
Meu pau ficou em contato com sua bundinha bem no meio do seu rego.
Nisto ela ajeitou e colocou ele bem no meio de suas pernas, dando para sentir aquela bucetinha carequinha e fechadinha.
Ela começou a se rebolar e remexer freneticamente, que não demorou acabei gozando no meio da sua bucetinha.
Nisto ela me pediu, que eu enfia-se um dedo na sua bucetinha, assim o fiz.
Quando ela sentiu o meu dedo em sua bucetinha, ela imprensou a minha mão para que o meu dedo entra-se mais fundo. Então comecei a tocar uma siririca nela.
Nossa foi um delicia.
Todos os dias depois da escola íamos para a nossa brincadeira gostosa.
Certo dia, pedi para enfiar o meu pau em sua buceta, ela concordou.
Estávamos já pelados, pronto para eu enfiar o meu pau em sua bucetinha, quando escutamos a nossa mãe nos chamando.
Nos arrumamos e fomos ver o que a mãe queria.
Bem não foi desta vez a nossa primeira foda.
Como estava perto do aniversario de Fátima, falei que o presente dela seria o meu pau em sua buceta.
No dia que ela completou 10 anos, eu estava pronto para dar o presente dela.
Enrolei o meu pau em papel de presente, quando chegamos ao nosso lugar secreto.
Tirei o meu pau embrulhado para presente e falei.
Olha aqui o seu presente.
Fátima não se conteve e começou a rir.
Depois que acabou de rir.
Foi com muito carinho e começou a desembrulhar o meu pau.
Depois começou a chupa-lho e lambe-lho todinho.
E depois deitou-se e levantando a saia, me amostrando aquela bucetinha maravilhosa, não resisti e comecei a chupar e passando a minha língua bem fundo.
Arreganhei suas pernas, e me deitei sob ela e fui enfiando o meu pau naquela delicia, ela começou a reclama que estava doendo.
Parem um pouco e perguntei.
Se você quiser eu não enfio o meu pau ok?
Ela logo falou.
Eu quero era só que estava doendo mais estava gostoso.
Voltei para cima dela e de uma vez só enfiei o meu pau.
Ela deu um grito, e logo em seguida me abraçando forte sussurrou em meu ouvido.
Enfia mais ele vai quero ele todinho dentro da minha buceta.
Comecei a dar estocadas naquela delicia de bucetinha.
Por fim nos dois perdemos a virgindade juntos.
Quando ela entrou nos seus 11 anos seus seios começaram a crescer. Para mim foi um delicia começar a mamar naqueles dois pequenos peitinhos, e com o tempo foram aumentando e o meu tesão por eles mais ainda.
Gostava muito quando estava fudendo sua bucetinha e ficava mamando naquelas maravilhas de peitinhos.
Teve um dia que abraçando pela costa e sentindo aquela bundinha roliça e macia em meu pau me deu a vontade de enfiar meu pau em seu cuzinho.
Notei que ela também começou a gosta de sentir meu pau em sua bundinha.
Teve um dia que estava abraçando ela por traz, levantei sua saia e tirei o meu pau para fora e comecei a passar ele em sue rego.
Nisto ela se pos de quatro, arreganhei seu cuzinho e comecei a enfiar o meu caralho naquele cuzinho.
Ela já estava com seus 13 anos e eu com 11 e praticamente fudiamos todos os dias.
E com o passar do tempo a nossa tara de um pelo outro ia ficando cada vez mais gostoso e descuido.
Na festa do seus 15 anos por pouco nossa mãe não nos pegou se fudendo.
E assim foi indo o nosso sexo entre irmãos até o dia de hoje. Já estamos com uma certa idade, mais ainda com muita tara um pelo outro.
A nossa tara ainda da muito sexo gostoso.

Comentários

08 de Abril, 2017 às 08:15
Donizete
adoro sexo de todas as formas mas incesto e ótimo 11 9 50580184
02 de fevereiro, 2017 às 09:33
dindo
Oi Casada safada que tal vivermos um conto erótico juntos igual a este ou melhor
13 de Janeiro, 2017 às 17:45
Casada safada
Nossa que delícia de conto chega vi queira com fogo na minha xoxotinha do idioma querendo sentir esse tesão gostoso
13 de Janeiro, 2017 às 17:45
Casada safada
Nossa que delícia de conto chega vi queira com fogo na minha xoxotinha do idioma querendo sentir esse tesão gostoso
11 de Dezembro, 2016 às 14:49
Garoto Dotado
Se vc Safada Leu esse conto... Aproveita e Me Chama Para Trocar Umas Fotos ( Nuds ) Comigo!!! Vem me Chama (67) 8404-9021 VEM AMOR
11 de Dezembro, 2016 às 14:44
Garoto Dotado
Se vc Safada Leu esse conto... Aproveita e Me Chama Para Trocar Umas Fotos ( Nuds ) Comigo!!! Vem me Chama (67) 8404-9021 VEM AMOR

1