Buscar no Portal

05 de Agosto, 2020 às 06:35 Por: Bernardo Lingam

Comendo a Pastora

tags: Passei a mão em sua buceta e vi que estava molhada, era a hora de começar a penetração
Esse conto possui 5052 visita(s).

Olá meu povo, me chamo Marcos, tenho 42 anos e neste conto erótico vou relatar através do Bernardo Lingam como foi o dia em que eu fui a igreja mas terminei comendo a pastora da minha igreja (rsss).

Sou bastante fiel a igreja mas adoro um sexo gostoso e sempre tive o fetiche de foder a minha pastora pois ela é uma mulher muito linda e inteligente.

O fato aconteceu em um domingo, a pastora me chamou para sua casa para eu junto com ela orar, como um bom evangélico, fui até lá.

Estava um temporal grande, estava combinado de ir pelo menos umas 15 pessoas mas acabou que só eu fui por causa da chuva. Minha pastora é divorciada e seus filhos já são casados, acabou que ficou apenas eu e ela a sozinhos na casa.

Conversamos bastante sobre a vida mas no meu pensamento só vinha a cena de nós dois transando, o desejo estava a flor da pele até que eu não me aguentei e falei a verdade.

– Pastora, eu acho a Srª muito linda. Disse.

– Também acho você um rapaz interessante. Disse ela.

– Acho que a senhora não entendeu, eu estou falando isso porque estou a sós com a Srª e gostaria de algo a mais. Me perdoe se estou passando do limite, se a Srª não quiser eu me retiro. Eu disse.

– Nossa, por essa eu não esperava, homem de atitude, gosto de homens assim. Disse ela alisando minhas pernas.

Dei um beijo bem gostoso nela, beijo de língua daqueles que deixam sem ar até que o clima esquentou e começamos a tirar a roupa um do outro.

Estávamos em pé na cozinha e para não perder tempo fodemos ali mesmo, primeiro eu fui para trás dela e beijei seu pescoço enquanto minha pica roçava seu bumbum.

Passei a mão em sua buceta e vi que estava molhada, era a hora de começar a penetração, pedi para que ela se inclinasse um pouco e soquei a pica na buceta dela que quando entrou toda deu um gemido alto.

– Que pica grossa, que delicia. Ela dizia enquanto eu socava com força e puxava seu cabelo.

Ficamos naquela posição por uns 10 minutos até que eu gozei e enchi a buceta dela de porra. Fui orar e acabei comendo a pastora, sei que é errado, mas foi gostoso demais.

Sou louco para foder a pastora novamente, infelizmente ainda não aconteceu mas sei que vai acontecer, ela sempre me olha no culto com um olhar de outras intenções.

Comentários

Ainda não há comentários para esse conto.