Buscar no Portal

30 de Julho, 2020 às 10:49 Por: Bernardo Lingam

Comendo a Jaqueline no quarto dela.

tags: Abriu a porta pra mim e estava só com um blusão grande e uma calcinha bem pequenininha, que dava pra ver os biquinhos dos peitos dela arrebitados
Esse conto possui 2054 visita(s).

Olá, este fato ocorreu no final do mês passado em um passeio com a minha melhor amiga Jaqueline, um belo corpo com tudo no lugar, barriguinha lisinha, peitos redondinhos, cabelos pretos até a cintura, um bumbum e umas coxas de dar tesão em qualquer marmanjo só de olhar. Tudo começou em uma manhã de sábado, quando eu ligo para a Jaqueline dizendo que teria um passeio neste sábado com alguns amigos para um banho depois do meio dia e que eu só iria se ela fosse, e como eu não queria ficar sozinho no rio resolvi convida-la para me acompanhar, sempre tive uma quedinha por ela, pois ela me tratava como seu melhor amigo era muito ligada a mim, então ela aceitou na hora. Já pensando na hipótese de poder ficar sozinho com ela. Então arrumei algumas coisas pra levar, pois já estávamos quase de saída, fiquei tão ansioso que não consegui nem almoçar direito só imaginando o que poderia acontecer, então fui até a casa dela como havíamos combinado. Resultado estava tão ansioso que cheguei antes da hora e ela ainda estava almoçando. Então eu chamei e ela foi logo me receber. Abriu a porta pra mim e estava só com um blusão grande e uma calcinha bem pequenininha, que dava pra ver os biquinhos dos peitos dela arrebitados. Fiquei olhando e ela já me deu um abraço bem apertado e me convidou para entrar.

Assim que entrei e sentei no sofá ela já veio sentar no meu colo me perguntando como eu estava, e enquanto estávamos conversando ela apertava aquele bumbum no meu pau, e como não pude evitar logo fiquei excitado e sim ela percebeu. Então levantou do meu colo e pediu para que eu esperasse, pois ela ia se arrumar. E claro que eu não obedeci né... Esperei ela ir até seu quarto e fui logo atrás, a porta estava entre aberta, assim que cheguei. Fiquei observando enquanto ela tirava a blusa e aqueles seios deliciosos, meu pau já estava latejando de tesão só de olhar aquela cena , como ela é minha melhor 'amiga' entrei em seu quarto e ela não deu muita importância a minha presença. Tranquei a porta e fiquei olhando e ela continuava sem blusa na minha frente e sem sutiã. Então fui sentar na cama dela que ficava a frente do guarda roupa onde ela estava se trocando, fiquei olhando pars quele bumbum maravilhoso na minha frente. E já estava com muito tesão e nem me importei em mostra isso pra ela .

Abri minha bermuda e ela ficou olhando e reparando no volume que estava na minha cueca. Fiquei olhando pra ela com uma cara de malicia, então ela sorriu e disse: - Nossa esse volume todo na sua cueca é só porque eu to de calcinha na sua frente? Eu nem respondi a pergunta dela e me levantei abaixando minha cueca e ficando sem nada, comecei a bate uma punheta bem devagar, ela olhava pra o meu pau com uma cara de desejo, e eu ficava com mais tesão ainda, me aproximei dela agarrando ela pela cintura, deitei ela na cama que estava logo atrás da gente, comecei a percorrer o corpo dela todinho com a minha língua, desci ate aquela calcinha branquinha super pequena e fui tirando com a minha boca. Ela me olhava com uma cara de cachorra bem safada e pedia pra eu chupa a bucetinha dela, então sem fazer muita cena fui logo passando minha língua naquela bucetinha que já estava toda molhadinha, ela gemia alto e eu continuava chupando, comecei a passar meu dedo e a enfiar dentro daquela bucetinha gostosa até que tirei meu pau pra fora e comecei a acariciar sua buceta lentamente, aquilo me dava um tesão da porra.

Ela não aguentava mais de tanto prazer e pedia pra fuder ela todinha e ficava gemendo, logo enfiei meu pau cheio de tesão e fiz um vai e vem bem gostoso enquanto eu chupava seus peitos durinhos, fudemos assim ate que eu não aguentava mais e disse que ia goza, ela pediu pra que eu parasse pois ela queria minha porra todinha naquela boquinha. Então parei e ela se ajoelhou na minha frente, eu coloquei minha mão entre seus cabelos e comecei a fuder naquela boquinha, ate que gozei e ela bebeu toda a minha porra quentinha, me jogou na cama e subiu pra cima de mim mais desta vez de quatro, e ficou fazendo um vai e vem maravilhoso e gozamos juntos. Ela se levantou e começou a me beijar e dizer que foi a melhor foda da vida dela. E logo foi me puxando para o banheiro onde tomamos um banho e fudemos novamente. Depois nos arrumamos e logo sua tia chegou para nos dizer a nossa carona havia chegado e como ficamos sozinhos lá, tivemos varias outras transas inclusive no rio que foi maravilhoso.

Comentários

Ainda não há comentários para esse conto.