Buscar no Portal

08 de Julho, 2020 às 21:21 Por: Coral

O namorado da minha filha

tags: Lido de outro site
Esse conto possui 5363 visita(s).

O NAMORADO DA MINHA FILHA
Olá queridos,mais uma vez venho aqui contar mais uma das minhas tantas safadezas que vocês tanto gostam.
Sei que algumas pessoas talvez me critiquem pelo que irei contar,mas nuca fui hipócrita e nunca deixei uma oportunidade de viver o sexo intensamente passar,o que irei contar aconteceu por volta de maio de 2012.
Minha filha estava namorando já tinha uns seis meses com um rapaz muito legal,Marcelo é um pouco mais velho que ela,hoje tem 20 anos,na época estava com 19.Apesar de acha lo muito legal e simpático,nunca havia me ocorrido ter nada com ele,até porque ele era namorado de minha filha,mas tudo começou a mudar no dia em que peguei os dois transando na sala de casa,fiquei maravilhada ao ver aquele pau enorme dele entrando e saindo da bucetinha de minha filha,na hora fiquei sem reação,mas não quis atrapalhar a transa deles,até porque não acho que eles estavam fazendo nada de errado,mas fiquei muito excitada com aquilo e não parei de pensar no pau dele,mas ao mesmo tempo não sabia se teria coragem de fazer nada com ele.
Os dias foram passando e ao mesmo tempo em que não parava de pensar naquilo,comecei a perceber que Marcelo também me olhava as vezes com cara de safado,principalmente quando eu estava com roupas curtas ou apertadas,inclusive o flagrei olhando para minha bunda um dia.Conversei com meu marido e perguntei o que ele achava disso tudo,ele falou que se eu sentia tesão deveria coloca lo para fora e que a vida é para ser vivida sem rótulos ou preconceitos.Então fiquei pensando em como fazer algo com ele.
Certo dia Marcelo e minha filha chegaram do shopping e eu estava na sala assistindo tv,meu marido estava no quarto assistindo jogo.Eles chegaram me cumprimentaram e ficaram um tempo conversando comigo na sala,então minha filha falou que iria tomar um banho e subiu,eu fiquei sozinha com Marcelo na sala conversando.Eu estava com um shortinho preto e uma blusinha bem decotada,e percebi Marcelo me olhando,principalmente para minhas coxas,percebi que ele estava ficando excitado,pois ele estava com uma bermuda e deu pra ver seu pau ficando duro.Como sei que minha filha quando entra para tomar banho é uma eternidade para sair,não pensei duas vezes,me sentei ao lado dele e sem nada falar,coloquei minha mão em seu pau por cima da bermuda e fiquei alisando,ele olhou para mim e tentou falar algo,eu só falei para ele fazer silencio.Então tirei seu pau para fora da bermuda e pude me certificar do tamanho real daquilo,era muito grande e grosso,(mais tarde saberia medir 22cm),fiquei mexendo um breve momento então abocanhei aquele pau delicioso,Marcelo começou a gemer enquanto eu passava a língua na cabeça,engolia o que dava e ao mesmo tempo alisava suas bolas,ele começou a puxar minha cabeça pra baixo e me forçar engolir seu pau.Eu engolia o que conseguia,tirava da boca e batia com ele no rosto e depois colocava de volta na boca.fiquei uns 5 minutos chupando seu pau até que percebi que ele ia gozar e aumentando o ritmo da chupada,apertei seu pau com força e um rio de porra inundou minha boca,era porra demais,fazia tempo que não engolia tanta porra,engoli toda,até para não me sujar ou suja lo,então me levantei fui ao banheiro,lavei minha boca e voltei para sala como se nada tivesse acabado de acontecer.Marcelo ficou em palavras,eu só disse a ele que nada tinha acontecido.Nisso minha filha saiu do banheiro desceu para a sala e eu fui fazer um café e um bolo para a gente.Nesse dia ficou só nisso,mas o melhor viria depois.
Algumas semanas depois,Marcelo veio em nossa casa e como estava sem carro,minha filha perguntou se ele poderia dormir aqui,meu marido e eu não nos opusemos.A noite pedimos uma pizza,comemos e ficamos conversando até umas onze da noite,então resolvemos ir deitar.Minha filha e ele ficaram na sala vendo tv e namorando,provavelmente transando também.Por volta das três da manhã,acordei e ouvi barulho na cozinha,como estava com sede,desci e fui beber água,estava só de shortdoll rosa,calcinha branca e quando cheguei dei de cara com Marcelo,devido ele me ver com aquela roupa fiquei com um pouco de vergonha,mas ao mesmo tempo excitada pois mil coisa me passaram pela cabeça.Bebi minha água conversei um pouco com ele e quando me virei para colocar o copo na pia,senti ele me abraçando por trás,me assustei,mas ao mesmo tempo o tesão me pegou,ele começou a beijar minha nuca e alisar meus seios,falei para ele parar,pois poderíamos ser pegos,ele só falou que não aguentava mais e que desde aquele dia tinha ficado louco para me comer.Fiquei extremamente molhada e ele me encostando na pia,abaixou meu short e minha calcinha,se colocou atras de mim e foi passando o pau na minha buceta,eu abri o máximo e ele numa estocada só atolou tudo na minha buceta,então começou a me foder com força,eu tentava me conter para não gemer alto,Marcelo fodia e me xingava de sogra vadia,safada,cadela.Me dizia que eu era tão puta quanto a filha e que ia adorar comer meu cu como comia o dela,eu não podia acreditar que minha filha aguentava aquilo tudo no rabo,ele foi metendo cada vez mais forte e eu acabei gozando gostoso,abafando meu grito.Então Marcelo me virou de frente e me penetrou de novo eu ainda encostada na pia,foi socando mais rápido e anunciou seu gozo e falei para gozar gostoso dentro da minha buceta,e foi o que ele fez,inundou minha buceta de porra que chegou a pingar no chão quando ele tirou o pau de dentro de mim.fui ao banheiro,me limpei e quando sai Marcelo já tinha voltado para seu quarto.Voltei para meu quarto e fiquei pensando na loucura que acabara de fazer,mas tinha amado aquilo tudo,meu marido estava dormindo,só contei para ele no outro dia e ele como sempre me comeu gostoso enquanto eu contava tudo.
De manhã quando tomávamos café,percebia o olhar de safado d Marcelo para mim,depois disso começamos a transar sempre que podemos,ou aqui em casa mesmo ou em motéis.Não sei até aonde isso irá,mas enquanto for acontecendo deixo rolar.Sei que muitas pessoas me condenariam se descobrissem,como muitos podem recriminar ao ler esse conto,mas o que não ligo mesmo é para a opinião de ninguém quando o assunto é sexo e prazer.Espero que curtam mais essa minha safadeza e até um próximo conto.

Comentários

11 de Julho, 2020 às 19:48
Jeanlss
Ótimo conto!

1