Buscar no Portal

12 de Janeiro, 2018 ŕs 12:30 Por: Denar

METEÇÃO ENTRE IRMÃOS 02

tags: MINHA ESPOSA E O IRMÃO
Esse conto possui 1259 visita(s).

CONTO ENVIADO POR UM MARIDO QUE SE DIVERTIU POR UM BOM TEMPO COM A MULHER DO AMIGO , MAS OUTRO AMIGO SE DIVERTIA COM A ESPOSA DELE.


Sou o Marquinho de 38 anos, casado com a Simone de 35 anos , muito gostosa , somos membros de uma determinada entidade religiosa , pois meus pais já frequentam a muito tempo , mas temos muitos amigos lá , ou digamos somos todos amigos , então a confiança é muito grande , mas eis que eu traço a esposa de um irmão , mas para minha surpresa descobri algo que foi muito cruel para a minha pessoa , assim digamos a semente que tu planta tu colherás , então a minha amante começou a falar coisas da minha esposa ou seja dizer que ela estava se relacionando com alguém e este alguém é casado e amigos nosso do dia a dia , mas eu imaginei que seria só uma intriga da oposição , mas fui averiguar e constatei que a minha bela esposa estava saindo mesmo com o Sérgio de 45 anos , casado e amigo mesmo ,fui tentar saber como isso aconteceu e descobri que em um acampamento onde eu não pode ir e minha esposa foi com amigas , em meio a esta multidão , o safado já estava louco por minha esposa , pois onde tem muitas mulheres nós ficamos loucos para comer alguma , e este safado se ligou na minha , então foi com muito sacrifício que consegui saber sobre o que realmente aconteceu , como é muita gente e tem o galpão central para refeições , o pessoal leva barracas e minha esposa e as amigas montaram barracas próximas uma da outra então o Sérgio e a esposa montaram perto delas , neste acampamento rolou uns beijos entre ele e minha esposa , mas o pior veio quando voltaram bem que percebi a aproximação dele com minha esposa , mas fui descobrindo coisa , minha esposa começou a ir mais bela aos encontros e descobri que ele levou minha bela esposa ao motel e contou detalhes sobre o que aconteceu , em momento de euforia ele soltou a língua e não teve como eu não ter a certeza , o cara que ele contou o traiu e me falou , disse que : O Sérgio pegou minha esposa em um estacionamento de um mercado , onde ela deixou o carro e entrou no dele e foram para o motel , minha esposa estava de vestido coladinho , aquele que a bunda fica redondinha , chegando lá ele falou que entraram no quarto e logo ele a abraçou e beijou a linda boca dela , o pau dele estava trincando de duro , as mãos dele viajavam no corpo dela então os cabelos longos dela se soltaram e ele começou a abrir o vestido dela para saber realmente o produto que estava ali dentro , quando ele desceu o zíper nas costas dela e foi tirando o vestido , começou a aparecer aquele sutien vermelho com dois peitões dentro ele disse a porra já queria subir , mas resistiu e foi tirando as curvas do corpo da minha esosa veio aparecendo até o vestido cair aos pés dela , ele já babando em ver aquela mini calcinha vermelhinha , cobrindo uma bucetinha toda depilada ele teve a paciência de tirar os pés dela pra fora do vestido aquele salto imenso a deixava mais gostosa , pois a intenção era deixar ela de salto e lingerie , isso ele fez , levantou e a abraçou , beijou a boca dela ela correspondeu a altura foi ai que ela beijava e desabotoava a camisa dele , ele com um pé tirou seu sapato e com o outro tirou o outro , ela deixou a camisa dele cair ao chão e desceu a mão abriu o cinto e desabotoou a calça , a calça obediente caiu aos pé dele que logo se livrou dela ,mas o beijo foi longo e o cacete dentro da cueca pedia licença pra saltar pra fora , mas ele desabotoava o sutien , eis que surgem dois lindos peitos e ele coloca a boca em um bico e mama , vai no outro e mama , desce a boca pela barriga e vai até embaixo , passa a língua nas verilhas dela ela sente um tesão imenso , então ele percebe que a calcinha esta molhada , mas aguenta firme e se levanta se livra da cueca e livra ela da calcinha , se deitam e ali ele viaja a língua desde a boca da minha esposa até chegar na vulva toda lubrificada , mas o safado lambe toda a grutinha e toma toda a lubrificação , não contente por ver ela se contorcer
Desceu a língua no cuzinho dela e fez o que eu nunca tinha feito , lambeu todo e enfiou a língua dentro , meteu no cuzinho da minha esposa com a língua , enquanto ela se derretia de tesão , mas ele queria ser mamado ela tirou a cueca dele e segurou no cacete , deu umas mordidinhas , e colocou na boca sugando a cabeça e movimentando um vai e vem , mas ele segurou a cabeça dela e fudeu devagarinho a boca dela , ela sugou as duas bolas dele até que o safado sem aguentar mais pegou ela e sentou em uma mesa que ali estava e ergueu as pernas dela um pouco encostou a vara na buceta da minha esposa e foi empurrando ela grudada ne e a vara entrando até que as bolas encostaram nela ele fudeu ela como se fode uma cadela , desceu ela colocou ela de costa debruçada na mesa e por trás comeu a bucetinha , não satisfeito o fdp , pegou um saquinho de lubrificante e passou no cuzinho da minha esposa e no pau dele e foi enfiando devagarinho , ela falava ai está doendo , mas ele não deixava ela sair e com uma mão batia uma siririca pra ela e assim ela aguentou toda a vara no cuzinho ele fudeu e massageou o grelinho até ela gozar com o pau no cuzinho ele mordendo as costas dela gozou dentro do rabinho ,sei que ele ainda come minha esposa , mas faço de conta que nada acontece , hj ela até fumar fuma.As vezes achamos que estamos comendo , mas estão comendo nossa esposa tabém.

Comentários

Ainda năo há comentários para esse conto.