Buscar no Portal

11 de Janeiro, 2018 ŕs 12:08 Por: Denar

METEÇÃO ENTRE IRMÃOS 01

tags: EU E A ESPOSA DO IRMÃO
Esse conto possui 1414 visita(s).

CONTO MANDADO POR UM MARIDO QUE DIVERTIU POR UM BOM TEMPO COM A MULHER DO AMIGO



Sou o Marquinho de 38 anos, casado com a Simone de 35 anos , muito gostosa , somos membros de uma determinada entidade religiosa , pois meus pais já frequentam a muitos, mas temos muitos amigos lá , ou digamos somos todos amigos , então a confiança é muito, mas a mulher de um membro começou a dar em cima de mim e eu resisti mas chega um momento em que vc não segura , pois ela é muito gostosa , ela vai com umas saias que a deixa um tesão e além do mais ela frequentava minha casa , pois ela não dava trégua ou seja eu estava doido pra fuder com ela , lá é pregado a fidelidade mas se vc vacilar sua mulher é traçada principalmente por maiorais , pois uma gostosa é sempre desejada , pois bem a Flavia de 40 anos esposa do irmão é muito gostosa então ela foi chegando conversando e depois me assediava com vontade , então convidei ela pra sair ela topou e marcamos um encontro , sai do trabalho e busquei ela no lugar marcado imagina uma mulher elegante , nos a , já me direcionei ao motel , lembrando das investidas que ela deu em mim e por ela ser casada dava mais tesão , ela foi passando a mão na minha perna no meu rosto, no pau também pois o pau estava estourando a calça, quando entramos no motel quarto 29 , entrei no quarto com aquele tesão , um cheiro delicioso , abracei ela e beijei a boca gostosa , ela se entregou de corpo e alma , abraçado, beijando a boca gostosa e com as duas mãos na bunda dela , aquela saia apertadinha a bunda redondinha , cabelos longos , pretos , salto alto , já fui tirando a blusa dela , aqueles sutien azul lindo cobrindo dois peitos maravilhosos , desabotoei o sutien e quando pulou pra fora os dois peitões , não aguentei mamei os dos peitos bicudos , ela tirando minha camisa e depois minha calça , eu de cueca meu pau duro como ferro , pois eu estava prestes a comer a esposa do irmão , mas aquela gostosa , desfilava de saia e salto eu doido atrás , grudando e trazendo ela na vara ela rindo de mim safada , consegui desabotoar o zíper e deixar a saia dela cair ,que delicia de fio dental enterrado no rabinho , me ajoelhei atrás dela e beijei , lambi e mordisquei a bunda dela , lambi o rego chegando a língua no rabinho ela deu uns pulinhos , eu já sem cueca o pau saia liquido , virei ela e mordi a buceta por cima da calcinha , puxei a calcinha de lado e lambi a buceta toda depois enfiei a língua dentro , e chupei , ela se contorcia e segurava minha cabeça, mas desci a calcinha dela tirando de dentro do cuzinho , deixei ela de salto , pois queria comer ela de salto , eu deitei na cama ela então veio deitando e segurando meu cacete , beijando meu peitoral e descendo até meu cacete colocou na boca e sugou com vontade , babou muito minha vara , e depois chupava as bolas , colocava uma bola na boca chupava ,puxava e soltava da boca fazendo um barulhinho delicioso quando saia da boca , eu virei e em um 69 chupei a buceta ,lambi o cuzinho e chupei o grelo , ela ficou de 4 e falou sou toda sua , eu me posicionei atrás e quando vi aquela buceta lisinha e o cuzinho , mas meu cacete todo babado eu coloquei na porta da bucetinha e fui enfiando ela rebolando e o fumo entrando , delicioso comer mulher casada , eu trepava subia pra cima da bunda dele de tanto tesão , ela foi deitando e eu fui deitando com pau dentro , me acocorei e fudi muito a bucetinha , levantei e escanchei ela na minha cintura e coloquei a vara na bucetinha , fudemos um pouco nesta posição , mas sentei com ela sem sair a vara , ela subia e descia , minha vara latejando , até que ela gozou no meu pau eu senti a gozada , meu pau se abalou e gozei dentro da bucetinha , mas depois de descansar eu voltei a chupar ela e deitei ela de burço , passei gel no pau e disfarçado no cuzinho dela e coloquei a vara na portinha do cuzinho , ela falou,não no cu não mas eu estava com ela dominada fui colocando a vara devagarinho ela quis sair mas não deixei e consegui colocar tudo dentro ela gemia , pedia pra sair , mas eu queria comer e comecei a massagear o grelo ela se aliviou e com a massagem ela voltou a gozar que o cuzinho piscava na minha vara , então minha porra esguichou dentro do rabinho , comi ela por 3 anos sem ninguém saber , ela e o marido frequentavam nossa casa de boa eu passei a comer ela em minha casa e as vezes na casa deles , o marido nem sonhava, mas tudo isso veio a tona , mas conto depois.

Comentários

Ainda năo há comentários para esse conto.