Buscar no Portal

02 de Janeiro, 2018 ŕs 23:00 Por: Rabias1966

Uma noite muito louca

tags: Boquete, anal, oral, vibrador, dp
Esse conto possui 1658 visita(s).

O que vou relatar é minha versão dos fatos descritos por meu marido em um conto publicado aqui com o título de UMA NOITE INESQUECÍVEL.
Somos casados a 19 anos e convivemos a 26, tenho 44 anos.
O fato ocorreu em agosto de 2017, não sou muito de ler contos eróticos mas ele publicou e eu gostei e resolvi contar minha versão.
Numa noite eu estava com muita vontade é disse para ele hoje eu vou te usar, ele como gosta muito, logo ficou de pau duro e disse estou esperando e foi para o quarto deitar, logo uma amiga me chamou e ficamos de bate papo, tomamos umas cervejas e toma-lhe conversa, umas duas horas depois ela se foi, e eu fui para a cama já sem muita vontade de sexo, quando entro no quarto vejo meu macho deitado e nu, com a pica a meia bomba, abaixei e dei uma chupada de leve, ele acordou e a pica começou a subir, e pus tudo na boca, mamei uns minutos e fui tomar um banho, lavei bem a buceta e o cuzinho, e fui para a cama, logo ele partiu para cima me beijando a boca e acariciando os seios, eu já estava com tesão de novo, e começamos a namorar, seus dedos deslizaram para a minha buceta tocando meu grelo, logo ele veio chupa-lo, eu me contorcia toda e minha buceta já babava de tesão. Começamos um 69 delicioso, sua pica entrava fundo em minha boca, e sua língua fundo em minha buceta, logo ele me virou de bruços, arreganhou minha bunda e meteu a língua no meu cuzinho me deixando molinha, sua língua brincava no cuzinho e na buceta, eu estava elétrica, me virou de novo e encaixou a pica na minha buceta socando bem fundo, me chupava as tetas e metia gostoso, eu gemia de prazer, voltamos ao 69 e eu o chupava gulosamente como ele gosta, ele enfiava tudo na minha boca que as vezes eu engasgava, eu fiz um carinho no seu ânus, tentei introduzir um dedo, mas a posição não permitia, ele voltou a fuder minha buceta, eu estava amando a sacanagem, ele me chamava de puta e vadia eu adorava, ele voltou a me chupar, e introduziu dois dedos na minha bucetinha que babava e escorria para o cuzinho que logo foi preenchido por dois dedos, estava ganhando uma DP com os dedos e uma língua no grelo, logo comecei a massagear os bicos dos seios, aí gozei louca e demoradamente, fui aos céus, ele tirou os dedos e continuou com a língua, logo voltamos ao 69, chupei bastante, ele tirou da boca e eu pedi mais ele disse que botaria se eu engolisse o leite,( coisa que nunca fiz) eu disse eu engulo, aí ele meteu com vontade socava a boca como se fosse a buceta, e gozou, engoli cada gotinha, ele saiu satisfeito e me chamando de puta e vagabunda eu adorando e o tesão aumentando, ele voltou a me chupar, logo saiu de mim e foi ao armário pegou a sacola com nossos brinquedos sexuais lavou e trouxe um vibrador e pôs na minha bucetinha, ficou chupando meu peito e eu me masturbando, vendo isto ele colocou mais um dos brinquedos na buceta, que babava de tesão, era um entra e sai sem fim ele me abriu o máximo e pôs dois dedos no meu cu, gozei feito louca, dei uma relaxada e ele votou a me chupar, eu disse me come de quatro, ele prontamente me pôs de quatro e mandou ver, a pica deslizava gostoso, começou a enfiar um vibrador no meu cu, que coisa deliciosa, estava literalmente preenchida, ficou uns cinco minutos assim, eu estava em êxtase, logo ele tirou o vibrador e colocou sua piroca no meu cu e começou a socar com vontade eu na beira da cama e ele de pé no chão, ele me deu um vibrador e mandou enfiar na buceta eu fiz na hora, que tesão louco eu estava sentindo, a bebida me deixou maluca de desejo, quanto mais ele metia mais eu queria sua pica me rasgava o cuzinho e eu pedia mete mais ele tentou enfiar a pica com mais dois dedos mais não deu, estava uma delícia uma pica no rabo e um consolo na buceta, gozei de novo, já estava exausta, mas o queria e comecei a rebolar e ele gozou no meu cuzinho com abundância, estávamos exaustos fomos deitar ele disse, você se superou, estava uma verdadeira puta, 100 pôr cento puta, e perguntou quando repetiriamos a dose.

Comentários

Ainda năo há comentários para esse conto.