Buscar no Portal

02 de Outubro, 2017 ŕs 07:58 Por: Patrick

Minha Novinha II

tags: Sahamira e Eu
Esse conto possui 2679 visita(s).

Bom, hj vou terminar o meu conto!

Nossa relação ou nosso caso já durava quase 2 anos Sahamira já estava quase com 18 aninhos a gente transava sempre que possível, mas já passava uma semana e não teve como dar uma escapadela o Pai dela parecia um BOPE não deixava elas saírem por nd. Naquela semana Sahamira ligou e disse:

- Meu pai está viajando, meu tio está la em casa, mas ele é bom tipo, posso vir?

- Claro! - o entusiasmos foi total só de pensar que comeria aquela bucetinha meu pau levantou na hora.

15 minutos depois ela havia chegado, trouxe uma mochila com ela.

 -Disse no meu tio que vou passar final de semana na minha colega para estudar, já que tenho exame na segunda.

Quase que saltava de emoção teria 3 dias, 3 maravilhosos dias so a comer aquela buceta. Começamos a nós beijar, eu já estava duro, meu pau parecia que tinha ganhado um coração de tanto palpitar, levei a menina até a cama comecei a despir as suas roupas, estava num estado total de tesao, abre as pernas dela e comecei a chupar a buceta dela enquanto enfiava meus dedos, Sahamira ergueu o corpinho gostoso abriu mas as pernas e começou a gemer, queria penetrar com td força e comer gostoso, mas tive que segurar, me coloquei entre as pernas dela e penetrei firme o mais fundo que pode, ela gritou de prazer, o grito me levou a loucura e comecei um vai e vem que foi aumentado, nem podia acreditar estava a 8 dias sem comer aquela buceta. Estava muito teso, e Sahamira estava apertadinha quentinha e muito molhadinha, gozei bem gostoso, sai dentro dela mas não conseguia parar de tocar naquele corpo, e mesmo sem ela recuperar do 1 orgasmo, comecei a chupar gostoso aqueles peitos, enquanto que os meus dedos entravam se saíam da buceta dela, minutos depois estava novamente com a boca na buceta, voltei a chupar gostoso, enquanto que os dedos dançavam a volta do clitóris dela. Sahamira parecia que estavam a ter convulsões de tanta tesao, sabia que estava prestes a gozar, peguei nas suas nádegas levantei um pouquinho e passei a língua no cuzinho dela, ela gritou, então passava a língua da buceta até o cuzinho, fiz este movimento várias vezes, Sahamira pegou na minha cabeça e gritava que nem louca até que parou, notei que já não tinha mais força, a bucetinha estava meladinha. Coloquei ela de lado, com um perna por cima do meu ombro e penetrei comecei a comer de novo, mas agora devagarzinho pq ela estava meio tonta, gozei novamente, virei ela p mim enquanto beijava aqueles lábios gosto, sinceramente ainda não estava satisfeito! Sai dentro dela passei óleo no meu dedinho e comecei a enfiar no cuzinho dela, a princípio ela nem se mexia, meu dedo entrou todinho ( já algum tempo a gente via tentando), Sahamira ergueu a bunda e fui fazendo movimentos lentos para ela habituar, minutos depois começou a gemer de forma tímida, foi então que decide que seria o dia! Coloquei de joelhos atrás dela enquanto meu dedo saia e entrava no cuzinho dela, com a outra mão passava óleo no meu pau que já estava duro outra vez, estava a sujar a cama, mas naquele momento era o que menos importava. Acabei de passar bem o óleo e comecei a esforçar a entrada, Sahamira começou a ser mexer de forma inquieta.

- Para, assim vai doer mais- falei p ela.

Esforcei mais um pouquinho, até que a cabecinha entrou, era questão de tempo para entrar todinho, comecei a brincar com clitóris enquanto falava no ouvido dela coisas gostosas, para ela relaxar e fui empurrado meu pau. Minutos depois estava todinho dentro, Sahamira apertava o travesseiro com bastante força, sabia que estava a contorcer de dor, mas já estava dentro, durante alguns minutos fiquei parado pra ela habituar, depois muito devagarzinho começei o vai e vem, enquanto passava um pouco de óleo para não secar, notei que sangrava um pouco, voltei a brincar com o clitóris, que minutos depois ela relaxou um pouco, estava gostoso, mas não queria perder o controlo, nem podia acreditar que estava a comer o cuzinho dela, não sou muito adepto de sexo anal, mas com ela estava gostoso demais. Demorei um pouquinho mais que o normal para gozar, mas deixei td meu gozo naquele cuzinho gostoso. Ficamos deitados Sahamira tinha adormecido, não foi para menos, acabava de ser bem comida. Tínhamos 2 dias pela frente, mesmo sendo apenas 20h prometi a mim mesmo não voltar a comer ela naquele dia. Por volta das 2h da manhã acordei com Sahamira a chupar meu pai até minhas bolas, quase que tive o ataque cardíaco de emoção. "Meu Deus está miúda está uma autêntica viciada em sexo" pensei enquanto ela chupada com gosto, enfiava td na boca, me levou a loucura, ela levantou e sentou no meu pau, aquela iniciativa dela me levou a loucura, com ajuda do travesseiro começou o vai e vem, parecia que estava a fazer agachamento, mas no meu pau claro, não demoramos muito e gritamos como loucos, foi um gozo duplo. Pela manhã já no banheiro, voltamos a ter um foda gostosa, Sahamira deu novamente o cuzinho dela, que mesmo dorido, foi bem gostoso. Passamos o dia apenas de roupão, em algumas vezes enfiava um dedo e chupava a bucetinha por cima da mesa, msm sem transar só por vontade, o tio ligou para saber se estava td bem "na casa da colega" enquanto falava com ele chupava os peitos enfiava os dedos nela, fizemos várias brincadeirinhas sexual, e assim foi o nosso final de semana. Depois daqueles 3 dias de glória, voltamos a estar juntos na quarta, voltei a comer o cuzinho dela, já que ela estava a gostar de dar, mas aquilo transformou num vício e tempo depois ela preferia dar o cuzinho que a buceta o que começou a ser o problema p mim, foi então que meu amigo aconselhou a comprar um vibrador, claro com o meu tamanho, a princípio ela não gostou muito da ideia de dupla penetraçao

- Vai parecer que estou a transar com 2! - disse furiosa!

- o anal tu também não querias, hj tu é viciada. Vamos experimentar se não gostares eu paro, prometo!

Começamos a nós beijar, como ela já estava molhadinha, decide penetrar

- Não, não está coisa aí, enfia na buceta, o pau quero no lugar de sempre!

-OK!

Sentada no meu colo penetrei no cuzinho que já não sentia dor nenhuma o vibrador foi na bucetinha, começamos juntos o vai e vem que foi se tornando, cada vez mais rápido, até que ela caiu que nem gatinho, vi que tinha lágrima no olhos, sorri de satisfação voltei a comer ela mais 2x. Sempre que nos comíamos tinha que certificar que era satisfação total! Sahamira ficou 5 anos no Brasil, nos comíamos bastante, viciei aquela menina agora mulher na minha rola queria é engravidar assim ela ficaria por mim.

Comentários

Ainda năo há comentários para esse conto.