Buscar no Portal

03 de Setembro, 2017 às 11:19 Por: katarina

Dei pro nosso amigo na frente do meu marido

tags:
Esse conto possui 6542 visita(s).

Ola, sou Katarina e tenho 51 anos, sou casada com Roberto de 53 anos. Eu tenho 1,50 mt, sou morena da pele clara, seios médios pra grandes porem durinhos, coxas roliças, bundinha redondinha e xoxota pequena e lisinha além de ser super apertada. Ele tem 1,77 mt, olhos claros, loiro e tem uns 15 cm de pica grossa. Moramos numa pequena cidade do interior paulista e como quase toda cidade do interior é muito calma e tranquila, a nossa também é.
Numa noite de verão saímos para tomar um lanche e la estando pedi um Chopp, o Beto tomava um refrigerante e jogávamos conversa fora enquanto aguardávamos o nosso lanche, quando se aproxima de nossa mesa um amigo nosso de infância que há muitos anos não o víamos. João é seu nome e quando pequeno tinha o apelido de “João Cavalo”, vocês devem imaginar o motivo ne?? Sim por conta do tamanho do seu “bilau” que na época era o maior entre todos os meninos.
Mas voltando a atualidade convidamos João a se sentar, pediu também um Chopp e um lanche e ali ficamos relembrando o passado, o quanto foi boa nossa infância. Nem vimos o tempo passar, quando demos conta já era tarde e João disse que iria até a cidade vizinha tentar achar um hotel. Beto então o convidou para ficar em casa aquela noite já que nossos filhos só veem finais de semana o que João aceitou prontamente. Pagamos a conta e fomos para casa e la estando fui arrumar o quarto de visitas, coloquei lençol na cama, liguei o ar condicionado pra ir refrescando o quarto pois ele fica nos fundos de nossa casa, até para visita ficar mais a vontade o único inconveniente é que la não tem geladeira mais sempre deixamos uma chave da casa com a visita para se for o caso entrar e fazer uso da mesma. Acomodei o João enquanto Beto já tomava banho e depois eu também tomaria para irmos nos deitar. Lembrei então que não havia colocado toalha no banheiro de fora e la fui levar. Abri a porta e fui entrando e me deparei com João somente de cueca o que me deixou envergonhada mais nem por isso deixei de observar o tamanho da “mala” que ele carregava, me desculpei, deixe a toalha na cama e voltei para casa e fui direto pro banho, Beto já estava na sala vendo tv.
Tomei meu banho e fui para junto do Beto e la ficamos como namorados vendo um filme. Era um filme com algumas cenas mais quentes o que nos deixou também mais quentes. Começamos a nos beijar e a nos acariciarmos. Beto usava somente o short do pijama de seda e eu de baby-doll e calcinha fio dental bem enfiadinha no reguinho da minha bunda. Como eu havia bebido um pouquinho a mais, havia visto o tamanho da “mala” de nossa visita e as cenas do filme a tesão veio a tona e me posicionei ajoelhada em frente meu marido e passei a chupar seu pau que estava estourando de tão duro e nem me dei conta que nosso amigo poderia adentrar em casa já que ele tinha a chave também e foi o que aconteceu.
João veio pegar uma agua gelada e entrou bem de mansinho pra não incomodar mais se deparou com eu de quatro mamando o pau do meu marido e ali ficou parado observando. Eu não o havia visto mais percebi que Beto havia feito um movimento com as mãos o chamando para se aproximar e começou a passar a mão na minha bunda. Puxou minha calcinha de lado, enfiou o dedo, dedilhou meu grelinho o que me fez estremecer. Senti que suas mãos abriram minha bunda e então senti uma língua áspera e quente tocar minha bucetinha que a esta altura já estava toda melada. Olhei então para trás e vi João bem atrás de mim. Passava a língua desde meu grelo até meu cuzinho e me levava as alturas. Olhei para o Beto que nada me disse, somente colocou o pau novamente na minha boca pra eu continuar chupando e foi o que fiz.
Senti João se concentrar com a língua no meu cuzinho e enfiar o dedo na minha xana, enfiou um, dois, três dedos; Parou por um instante e logo retornou. Enfiou os dedos mais um pouco não demorou os substituiu pelo cassete. Senti pincelando na minha buceta e percebi que era bem grosso pois até então eu não havia visto o tamanho, levei então a mão pra trás para poder sentir e pude perceber que além de grosso era bem grande também, calculei uns 22 cm. Gelei. Nunca havia dado pra alguém com um pau tão grande e grosso como aquele, mais ele pincelou bastante na minha bucetinha deixando a cabeça bem lubrificada além do lubrificante da camisinha e encaixou e forçou a entrada que foi difícil pois como disse sou pequena e bem apertada mais logo senti a cabeça já dentro de mim e então comecei a rebolar pra facilitar a entrada daquele cassetão e ele foi enfiando com carinho e cuidado até que senti seus pelos e bolas tocarem minha bunda. Já estava todinho dentro de mim e começou a meter bem devagar. Tirava tudo e enfiava novamente mexendo somente o quadril e quando enfiava eu sentia aquelas bolas baterem no meu grelo me deixando ainda mais excitada.
Não demorou muito e comecei a sentir aquele pau a ficar inchado dentro da minha buceta, senti que João me segurou firme pela cintura e aumentou o ritmo das estocadas então me preparei pois sabia que ele iria me foder com muita força e bem fundo pois o gozo estava chegando e como eu imaginava aconteceu.
João me segurando pela cintura tirava todo aquele pau de dentro de mim e metia novamente até o talo numa velocidade que nunca havia sentido. Cravei as unhas na perna do Beto que nesse momento estava somente observando e fiquei aguardando o momento que João fosse gozar, o que não demorou. Ele metia com tanta força que me tirava do chão, senti Beto levar a mão por baixo de mim e dedilhar meu grelinho me fazendo gozar junto com João e juntos explodimos num gozo jamais sentido por mim. João ficou ainda mais um tempinho com o pau dentro de mim metendo agora bem devagar enquanto eu voltava a chupar o Beto que ainda não tinha gozado e que também não demorou a jogar aquele monte de porra na minha cara, nunca o vi gozar tanto como naquele momento.
Exausto deitamos os três, Beto no sofá onde estava, Eu e João no tapete e ali adormecemos. Quando despertei João já havia ido para seu quarto e Beto estava tomando banho. Fui catar nossas roupas que estavam jogadas pelo chão e encontrei 2 camisinhas, fato que me intrigou pois João havia usado somente uma e o Beto não havia usado, fui então até o banheiro e perguntei a Beto de onde aparecera a outra e então ele me contou o que aconteceu enquanto eu dormia. Mais essa é uma outra história que prometo voltar para contar...


Comentários

08 de Setembro, 2017 às 14:28
DotadoSafado
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats s (quatro, sete) nove, dois, doze, meia, quatro, onze
08 de Setembro, 2017 às 14:22
DotadoSafado
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats (47).9212.6411.
08 de Setembro, 2017 às 14:21
DotadoSafado
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats (47).9212.6411.
08 de Setembro, 2017 às 14:20
DotadoSafado
Sempre que leio fico puto de tesão e penso que temos de prestar mais atenção pois a mulher tem desejos e vontades, sim de ser safada mesmo, de sentir prazer como nunca entre 4 paredes, independente se é evangélica, mãe, dona de casa..crente..comprometida, seja como for..tem vontade de ser bem fodida, descobrir o que sabe que existe dentro dela.. pena que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo,por isso gosto de conversar, ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. Nada com uma conversa pra isso...whats (47).9212.6411.

1