Buscar no Portal

01 de Janeiro, 2017 às 10:09 Por: Anini

Réveillon!!! Meu Cunhado com a sobrinha Bombando na Putaria na Praia, Safados!

tags: Sobrinha, morena, tio, safados, no cio, chupadas, sexo fogoso, oral, vaginal, boquete, peitões, bundona, pingolona
Esse conto possui 17929 visita(s).



Olá gente!

Finalmente Ano Novo! Que bom estar com vocês nesse inicio de ano, espero que esses primeiros momentos sejam de encontros vultuosos e amorosos para todos e durante o ano que começa.

E vocês como foram? Se bem, que continue assim, se não tão bom, vamos melhorar agora com esse Conto bem picante, azeitado.

Gente, como tinha comentado estou numa cidade praiana, vim com os familiares, sabem como é momento de celebrar, nada como com parentes.

Presentes também minha sobrinha a Maria Eduarda filha de minha irmã, e meu cunhado Wagner casado com outra irmã a Sandra. Dudinha e Wagner têm um caso antigo, inclusive uma filha, mas ninguém sabe ou se fazem de desentendidos.

Quando estamos em família, todo cuidado é pouco, gera um clima de puro fogo alias um fogaréu mesmo velado, entre eles.

Dudinha estava provocante, roupas curtas, para deixa-lo doido, e ele enlouquecendo de ciúmes e de desejo. Mas ontem sábado eles sondanvam o ambiente, queriam comemorar um “Réveillon” exclusivo, antes de todo, sabem como é, pelos olhares e o trato que eles deram no visual no final da tarde.

De olho neles, vi quando ela saiu da casa ele logo depois, rumaram para um local com vista para o mar, arborizado e com pedras, um pouco isolado. Que safados!

Gente! Gente! Pasmem! Ela o esperava vestia uma toalha na cintura branca dobrada ficando curtíssima e a camiseta branca com dourado realçando sua pele, periguete de primeira, sabe seduzir.

Então pessoal quando ele a encontrou a enlaçou de imediato beijando-a longamente esfomeado. Estremeci na hora! Uma sensação de fogo ardente. Ele vermelho, excitado do sol rosto ardendo ... e desceu sua face mergulhando a boca dentro da camiseta colada de Dudinha, abocanhou os peitões de imediato.

Gente! Os tépidos seios movimentavam frenéticos na boca, sendo chupando como mamões, ele ávido os bicões dos peitões de Dudinha Ela soltou alguns ahhh! escandalosos, a escrota, de desejo suponho e certamente molhou a priquita , a xoxota, a boceta. Ele levantou camiseta, surgindo os fartos peitões, ela ainda amamenta a filha de 11 meses.

Pessoal! Pensem num seios grandes, pontudos e bicudos convidativos para qualquer homem se deliciaaaar!! Sim! Mas Wagner é o felizardo e num gesto insano tirou o restante da camiseta, a safada gemeu segurou os fartos seios e ele fascinado olhando-os, ela aperta-os e ele se contorce indócil louco para mamar.

Gente! Ele a colocou de cadeirinha no quadril, ela atravessada os seios pertos ralando seu tronco largo e peludo ... Dudinha apertava um e jorrava leitinho ... ele o segurou e se atolou, sugando ... mamando de verdade, sugava como um bezerro e degustava do leite literalmente nas tetas ou melhor nos ubres da vaquinha, da lobinha, da onça afinal ele mamava sugando leite e engolindo.

Perguntem, e a safada? AH! gente a safada cadelinha, ensandecida encostada num barranco de areia e pedras gemendo, gemendo no cio. Siiim, no cio, pelo grau de erotismo, que a cena proporciona, ele olhando pra ela mamando ... mamando e o leite escorrendo ... escorrendo , ele degustando e ela apertando os seios e jogando seus cabelos por causa do vento e soltava gemidos rouco gooozando ele murmurou.

-“Minha lobinha ... safada ... gostosa ... amo te satisfazer potranca no cio.”

O cinquentão é uma tentação, usando chapéu, fica mais sedutor, estava enlouquecido sem perder tempo suspende a toalha e espalma a mão por baixo, encontra a " priquita", a xota, a boceta ela gemendo morna ... gemendo safada e ele cerra os olhos, desfaz o laço da calcinha dourada minúscula, que desemboca no lado caindo..

Gente a reação do homem era de extrema excitação, afinal Dudinha tem um bundão, avantajado, coxas grossas, pernas torneadas e somente 22 aninhos querem mais? Ele a depositou no chão e se abaixou fica frente a frente com a fresquinha de bigodinho tentador a xoxota, a priquita, a totoca, a boceta ... ele reagi e lambe ... abocanha ... chupa a xoxota da cadelinha que murmura rouca.

-“Abocanhe toda todinha chupe ... estou com tesão o dia todo ... isso ... ai gostoso ... coma com a língua ... assim amor ahhh! lobo safado, meu macho ... me olha e não me come o dia inteiro ... me mata ... agora quero ... isso ... amor estou gozando ... isso sugue meu mel.”

Gente! Pasmem, é uma devassa, meretriz, comendo o marido da tia, mas quem importa a essa altura? Ninguém, ele habilmente lambe-a toda e ela tira a toalha deixando-a na areia e ele olhando a ordinária vermelho como camarão.

Agora instigo, incito, provoco vocês, imaginem uma potranca nua ... nua bronzeada com as marquinhas do sol provocante vista por um potrão maduro, dando ordens sensuais!! O homem só tem uma saída obedecer.

Sabem o que o esperava? Não, não sabem, mas eu conto agora, ela escrota murmura.

-“Um brinde ao Ano Novo, amor na “ taça” com “champanhe” especial só pra você, bem molhadinha.”

Ele transpira e abra a bermuda e se abaixa, a coloca no seu ombro com a xoxota,a xibixa, a boceta próxima. É hora do brinde! Sim, Dudinha aperta os vastos seios deixando o leite escorrer por seu corpão ... e ele bebe no "copo da boceta" que fica encharcada, ele sugando ... chupando ... cheirando. Uma safadeza deliciosa de ver.

Gente, pasmem! O lactante é viciado fica dopado, esta acostumado a safadeza, vocês lembram? Sim, "toma a champanhe ou seja o leitinho" de forma inusitada, ou seja na xoxota, na priquita, na totoca , na boceta. O homem suga o leite escorrendo, ela apertando os peitões, ele bebericando gota a gota, e a cadela urrando como loba no cio e geme satisfeita.

Duda refeita desce do ombro e parte para o ataque se abaixa ele se levanta, tira a pingolona da bermuda, gente ele estava sem cueca, ela safada o segura o instrumento e ... lambe a cabeçorra da pica, ele estremece, solta um urro, geme alto, rosna e sabe como é garota nova boca carnuda e ... lambe lambe, vai para as bolas e sorve sorve olhando para ele safada linguando tudo. Ele com voz intercortada.

-“ Cadelinha, se arranjar um macho ... te mato ... morro de ciúmes de saber que faz isso com outro, você é só minha... não faz isso eu gozo logo ... que boca ... assim não putinha senão não resisto.”

A cadelinha nua se esfrega nele e murmura.

-“Se continuar dando conta do recado, sou sua todo momento.”

Garota sacana, se posiciona num barranco de pedras, estende a toalha e se deitar, de costas projeta o bumbum, alias imenso dourado de marquinhas completamente nu ... o olha de lado, sabe do seu poder, e lânguida se esparrama mexendo o corpo com a bundona pra cima, um pecado de mulher.

Quem resiste ao seu traseiro de marquinhas de biquini sensual e rebolativa? Gente o homem passava a mão na rola e suspira fundo, mas, ela sabe do seu poder se vira levanta as pernas, tem coxas grossas e torneadas, e alonga os braços. Ele foi no vicio, adentra entra as pernas da cachorra e vai para a bu.ce.ta insano.

Caríssimos navegantes, o mar está para pescaria de sereia.. ela se levanta, coloca a toalha no chão estendida e deita-se e se posiciona, joga os cabelos ele se deita e a cheira por trás, embevecido pelo corpão, abre suas pernas e mete a cara já lambendo, chupando por baixo, ela aperta os peitos saindo leite que escorre na toalha.

O homem é sensual e ela safada, ele passa a língua no cuzinho e chupou ... chupou e ela urrava seu traseiro se contrai ela gemendo gemendo se coloca de quatro e se arreganha Wagner ativo encosta nela e procura o buraco da boceta e meeete...

Nossa! Que cena, a cadela de pernas abertas sendo comida por trás com a budona empinada com marquinhas de bronzeado uma provocação, ele a segura pela cintura e tome vara, pau, pica, cacete, pingolona pra dentro e vai comendo a incestuosa safada.

Ele tome pica ... pau ... cacete ... pingolona e ... ela gemendo ... gemendo azeda ... geme urrando no pau do tiozão com os peitões balançando ela goza algumas vezes, acho que estava sem transar um tempo ou o gaucho a deixa assim azeda de tesão.

Ele mesmo por trás, aperta e jorra leite dos ubres da vaca ... ela gozando ... e ele gozando também jorrando leitinho do cacete inundando a xoxota da bezerra ou é ursa? Ou é loba? Tanto faz eles gozam. Ele a vira e a beija apertando os peitões da cadela depois suga o leite e fim do ato, se trocam.

Em casa ela chega primeiro molhada de banho de mar, afinal é sereia, ele bem depois por outro lado. Vocês sabem como é a passagem da meia noite muito comemorada entre todos, uma ceia muito gostosa de mariscos e carnes variadas com saladas e bebidas leves.

Os mais novos ficam até tarde e os mais velhos dormem por volta das 2 horas da madrugada. Eu fiquei esperando eles dormirem e mais ou menos na madrugada de hoje. Ele perguntou se alguém queria dar um mergulho , ela disse que iria e saíram os demais acharam muito frio.

Eu demorei um pouco e fui atrás, dito e certo eles queriam era mais uma comemoração a dois ou melhor ter uma safadeza ao prazer do mar. Estavam numa palhoça dessas de vendedores de cocos.

Gente nem me viram chegar, ela estava com o vestido de cetim amarelo já suspenso na cintura sem soutien ele mamando ... mamando desarvorado como um potrão na potranca. Que cena excitante!!

Atrevidos, perto do meio do oceano se satisfizeram parcialmente, ele mamando nos peitões e ela punhetando a pingolona ou seja a rolona do homem, não tem medo do perigo. ele mamava, mamava e sugava o leite degustando todo ela goza dengoza, depois e se abaixa e chupa a rolona, o pau, o cacete daquele jeito com pericia e ele quase goza.

Não teem pressa, venhem para fora da barraca no fundo, melhor para mim,Wagner se abaixa e suspende o vestido da perdida, nua a sem vergonha, ele toca com seus " lábios" os grandes lábios da vulva, Dudinha serpenteia, ele cheira a xoxota ela geme geme agonizando e por fim, ele chuuupa ela solta um" urro" estrondoso e urra... urra parecendo uma donzela no cio louca por um macho.

Mas Pessoal vamos ponderar, sujeita tem um corpão de ensandecer qualquer homem. Pasmem! O corpão bronzeado com o vestido dourado, mostrando priquitão, peitões e bundão apenas o vestido na cintura. Digam, não enlouquecem um cinquentão amado amante? Alias qualquer um, e ele nem se fala, o deixa tarado, com a priquitona, a bocetona, a xoxotona depilada e o bigodinho no meio, nenhum homem resiste é certeiro. Mas a cadela murmura agonizando.

-“ Amor, chupe ... aí ... a ostrinha ... salgadinha ... inchadinha ... que você comeu comeu ... isso amor ... meta a lingona dentro ... refresque ... assim ... chupe ... chupe.”

Ele nem pestaneja, " lingua-a" todinha e a descarada se segura na palhoça, na parede e suspende o corpo ele funga e chupa chupa a boceta toda e mergulha a língua no canalzinho vaginal e chuuupa meeete mete a cadelinha gemendo sem forças goooza. Ele a olha satisfeito sabe que ela será sempre sua pois ensinou a safadeza cedo.

A potranca é mestra e foi rápida, abocaaanhou o apetitoso pau, cacate, picão o que pode. Gente ele da um pulo quase mortal e urra urra como um lobo no cio e ela chupando literalmente olhando com jeito de puta no cio querendo e ele a tira do prazer afinal ele que meter em algo carnudo e pomposo. Murmura.

-”Quero todo amor, no cuzinho, to com saudades, vontade de ser comida no brioche."

O que resta a um homem, recebendo tal oferta? Aproveitar não é mesmo? Dudinha se levante e se escancara com bundão pra cima, se arreganha, ele por trás cospe na pica e mete no rabão da pilantra, ela tem sobressalto, os peitões balançam, ela grita ... reclama... rosna ...

-“ Aí esta doendo ... devagar ... aí amor ... assim não aguento ... pare ... hummm ... va assim ta bom ... ai que brinde de ano novo ... gostoso ... mete amor ... quero ... quero."

Ela se abre e ele enfiiiando todo, ela tem ar de satisfação, seu cuzinho atolado com a pica e a cachorrinha gostando... sua face é de prazer ... transpira ... mas não se entrega... alias se entrega ao êxtase... que parece gostar de dar ... pois num determinado momento surrara.

-“ Você é meu tesão meu macho, meu homem.”

Ele sorri largamente comendo ... comendo ... metendo o punhal ferrando o cuzinho apertado da sujeita, metendo ... metendo ... ela enfia o dedo na priquita, na xota, na boceta e gooozam.

Ficam ainda na safadeza, ele mamando de verdade nos ubres da vaca sem vergonha que joga a cabeça sensualmente levando o cinquentão a loucura e ela transtornada de prazer.

Estão viciados certamente verei outras safadezas deles.


Comentem e releiam.


( Caros leitores, desculpe-me os erros de Português, estou ainda com sono)



Comentários

11 de Janeiro, 2017 às 22:54
DotadoSafado
Ótimo conto... Adoro mulher safada que gosta de ser bem fodida, mesmo que as vezes não tenha coragem pra falar mais morre de desejo, pois o proibido sempre da tesão.... é bom demais de ficar cobiçando uma mulher safada, ou vela se exibindo, até mesmo ajuda-la a perder a timidez e mostrar todo desejo e vontade reprimida. quem sabe ajudando a conhecer esses desejos..e vontade.. whats (47) 92126411
04 de Janeiro, 2017 às 10:24
Anini
Lukinhalu, obrigada pelo comentário simples e bem estimulante.Quanto ao Lobo, você já virou fã, sempre atencioso e comentarista assíduo, um ano de muitas realizações para você.
04 de Janeiro, 2017 às 10:21
Anini
Queridos leitores, agradeço as varias leituras e os comentários nos estimulas e escrever os nossos casos ou os dos outros que por um acaso vemos.
03 de Janeiro, 2017 às 18:53
lukinhalu
Adorei muito !!!! linda hitória...
01 de Janeiro, 2017 às 17:44
Lobo NOTURNO
Pessoal, como não desejar FELIZ ANO NOVO!! Anini, começou 2017 arrebentando!! Tua sobrinha tem tudo haver contigo! SAFADA e GOSTOSA! Tem PEITÕES, BUNDÃO COM MARQUINHAS, tem COXAS GROSSAS E PERNAS TORNEADAS!! Tudo que AMO!! Gente, atrevo-me a dizer: DUDINHA não tem ainda a EXPERIÊNCIA da TITIA, mas com certeza não vai DEMORAR MUITO PARA OBTER!! Como diz o ditado: A FRUTA NUNCA CAI LONGE DO PÉ!! Anini beijos.. LOBO NOTURNO!!

1